Introdução à cultura Viking e a preservação de sua memória na Dinamarca

Famoso pelas desbravadas expedições marítimas, o povo Viking é originário da Escandinávia, região que abrange as atuais Dinamarca, Noruega e Suécia, tendo o apogeu de sua era entre os séculos VIII e XI. 

Expedições Marítimas

As expedições, segundo os historiadores, eram motivadas principalmente pela procura de riquezas, pela conquista de solos férteis e, basicamente, por ambição de poder. Embora tudo isso fosse regado a muito sangue e violência, não podemos atribuir ao Vikings exclusividade do uso de violência. Vale ressaltar que as sociedades cristãs da época também utilizavam de práticas violentas que qualquer ética moderna condenaria para a manutenção da lei e da ordem.

Hierarquia e Ordem Social

Assim como na hierarquia social cristã, o povo Viking também atribuía ao rei a autoridade máxima de um determinado reino, deixando, porém, para os nobres o segundo lugar de poder. Logo abaixo dos nobres vinham os homens livres e, por último, os escravos. Muitas das principais tomadas de decisão, como manutenção de leis, definição das punições aplicadas aos condenados e estratégias de expedições, ocorriam através de uma espécie de reunião diante do rei ou de algum representante da nobreza.

Crença

Diferentemente dos monoteístas cristãos, a crença Viking se baseava na mitologia nórdica, tendo a história de seus deuses propagadas verbalmente pelo povo, através do diálogo. Odin e Thor estão entre os deuses mais populares da mitologia, sendo o primeiro considerado pelos Vikings como o deus dos deuses e o segundo como o detentor do poder sobre os céus e trovões.

Declínio

A partir do século X, durante a intensa cristianização europeia vivida na idade média, a cultura Viking foi perdendo sua força. Tal evento, diferentemente do que muitos acreditam, aconteceu de forma lenta e gradual.

Memória

Na Dinamarca, existem alguns lugares específicos onde podemos nos aprofundar sobre a cultura Viking, como o Museu Nacional da Dinamarca, localizado em Copenhage, e Museu do Barco Viking, localizado em Roskilde, por exemplo.

Quer saber mais? Conte pra gente nos comentários ou envie um e-mail para contato@bordejo.com 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: